As atividades neste mundo de egoísmo não impedem o caminho espiritual? Como se iluminar sem ser um monge?

 

Todas as nossas atividades no mundo podem ser meios hábeis para a iluminação. Procure ler o Sutra de Vilamakirti, que era discípulo de Buda e grande comerciante; nenhum dos outros conseguia vencê-lo em sabedoria. A lição é de que não é a atividade em si o problema, mas a mente com que ela é feita. Você pode ser um vendedor e estar agindo com compaixão a todo o tempo, mesmo que isso não seja transparente para os que o veem. O livro ”A Doutrina Zen da Não Mente” de D.T. Suzuki também pode ser útil. Os atos são aparentemente os mesmos, a postura interna é que muda. Para algumas pessoas, isso aparece e elas perguntam: -“o que há de diferente em você? ”.

Como Vilamakirti demonstrou, não há necessidade alguma de sermos monges; esta é apenas uma forma mais fácil de prática, não necessariamente mais meritória, apenas um caminho para os que desejam ajudar outros.

 

Fonte: Perguntas e respostas utilizadas nos ensinamentos da comunidade Daissen.